Catedral de Barcelona

Descubra a Catedral de Barcelona, também conhecida como la Seu ou Catedral de Santa Cruz e Santa Eulália. Trata-se de um bom exemplo da arquitetura gótica catalã do século XIV.

A Catedral de Barcelona, também conhecida como la Seu ou a Catedral da Santa Cruz e Santa Eulália, é um famoso exemplo da arquitetura gótica catalã que data do século XIV. Apesar de se manter à sombra da conhecida Sagrada Família, a catedral é um impressionante templo gótico capaz de encantar seus visitantes.

A origem da catedral

O lugar onde a catedral está já havia sido o local de diferentes templos cristãos desde o século IV d.C. No ano 1058 foi construída no local uma igreja de estilo românico e em 1298 começou a ser construída uma igreja gótica, que só foi finalizada no início do século XX. 

Principais pontos da catedral

  • Cripta de Santa Eulália: Sob o altar principal está a tumba de Santa Eulália, uma jovem que, por defender sua fé cristã, foi martirizada até a morte, em 304 d.C. 
  • Claustro: Construído durante os séculos XIV e XV, o espaçoso claustro da catedral é o lugar onde podemos ver treze gansos que lembram a idade com que Santa Eulália foi martirizada.
  • Coro: Com um magnífico conjunto de cadeiras de madeira talhada, o coro é um dos lugares mais valiosos do interior da catedral. 
  • Terraço: Um elevador permite o acesso à parte superior da catedral, de onde é possível ver suas torres e a cidade de cima, embora a vista não seja muito chamativa. 
  • Capela do Santo Cristo de Lepanto: Essa capela mostra um Cristo crucificado, ao qual os barceloneses têm uma devoção especial.

Um templo grandioso

Embora a inacabada Sagrada Família ensombreça com sua fama a imponente Catedral de Barcelona, essa brilha com luz própria, iluminando o centro da cidade com sua impressionante fachada gótica. 

Horário

De segunda a sábado, das 13:00 às 17:00 horas.
Domingos e feriados, das 14:00 às 17:00 horas.

Preço

Entrada: 6€.

Transporte

Metrô: Jaume I, linha 4.