Bairro Gótico de Barcelona

Bairro Gótico de Barcelona

Situado no distrito de Ciutad Vella, no coração de Barcelona, o Bairro Gótico é a zona mais antiga e uma das mais bonitas de Barcelona

O agradável Bairro Gótico está delimitado pelas Ramblas, Vía Laietana, o Paseo de Colón e a Plaça de Catalunya.

Nascida sobre as ruínas da Barcino romana, a Barcelona medieval propiciou a construção de igrejas e palácios góticos que provocaram a desaparição da maior parte dos restos românicos.

As estreitas e labirínticas ruas medievais do Bairro Gótico de Barcelona formam o cenário ideal para curtir o centro da cidade sem pressa, admirando as ruínas que se conservam do passado glorioso da cidade.

O que ver no Bairro Gótico

O Bairro Gótico de Barcelona conta com várias atrações turísticas para todos os gostos, entre as quais poderíamos destacar as seguintes: 

  • Catedral de Santa Eulalia: Também conhecida como la Seu, a Catedral de Barcelona é um famoso exemplo da arquitetura gótica catalã que data do século XIV.
  • Plaça Sant Jaume: Centro político de Barcelona, trata-se do lugar onde estão a Prefeitura e o Palácio da Generalitat de Barcelona.
  • Carrer del Bisbe: Agradável rua de uso exclusivo de pedestres que une a Plaça Sant Jaume com a Catedral
  • Plaza Real: Situada ao lado das Ramblas, essa surpreendente praça do estilo neoclássico, é uma das mais agradáveis e animadas da zona. 
  • Plaza del Rey: Sede do Palácio Real do início da Idade Média, abriga um conjunto de edifícios medievais que albergam parte do Museu da História da Cidade. O museu inclui interessantes escavações que permitem conhecer a cidade desde a sua fundação romana no século I a.C. até a Barcelona da Idade Média. 
  • Calle Portal de L'Angel: Uma das artérias comerciais mais agradáveis e completas da cidade.
  • Plaza Nova: Localizada nos arredores da Catedral, essa acolhedora praça ainda conserva parte de suas duas antigas torres romanas.
  • Museu Frederic Marès: Situado em uma parte do antigo Palácio dos Condes de Barcelona, é um singular espaço onde são expostas as obras do colecionador Frederic Marès. 
  • Bairro judeu: Apesar de o bairro conhecido como El Call ter sido abolido há mais de 600 anos, ainda é possível encontrar alguns restos daquele que foi o bairro judeu da cidade.

Transporte

Metrô: Jaume I, linha 4; Liceu e Drassanes, linha 3.